Cartão de Visita do Facebook

quarta-feira, 16 de abril de 2014

SERENIDADE

SERENIDADE

O sonho da tua pele
Adamada de alvura
O teu gosto a mel
O cheiro da loucura
A derramar desejo
No ventre horizonte
A ser um beijo
Da tua boca a fonte

A começar no umbigo
E a tua língua a descer
Provocando o castigo
Em desmesurado prazer
Da vontade o abrigo
Do amor que fazes comigo
Do tanto que fazes estremecer
Sonhada excitação
Adormecida sedução
No sonho a derreter
Loucos sentidos
Doce emoção

E vens nesses jardins proibidos
Humedecer de orvalho manhãs de amor
Na escuridão de jardins perdidos
Pela tua mão provocas calor
E fazes sentir
Serenidade
Saciedade
Sensualidade

E na noite o sonho é lírio é jarro é rosa é flor
É gozo despudor
Desta nossa intimidade
...
musa

http://musarenascentista.blogspot.com/

Sem comentários: