Cartão de Visita do Facebook

quarta-feira, 5 de março de 2014

UM COLO PARA TI ... para a Elsinha

... E eras só uma menina com a doçura eterna da infância...

UM COLO PARA TI ... para a Elsinha

Foi ontem que te conheci
Foi ontem que pedias colo
Foi ontem que ouvi teu riso

Um colo para ti
Foi ontem que te ouvi
Chamando por mim
Na doçura do teu sorriso
A meiguice da ternura senti
Sem lonjura sem fim
Alegria e riso

Inocência em flor
Desabrochando em jardim
Onde agora cresce a dor
Em pétalas carmim
No despeito da loucura
Arrancada a ternura
Em asas de querubim

Quem vai agora chamar por mim
Quem vai pedir me o colo
Esta dor este dolo
Que dilacera sem fim

Anjo na luz a esvoaçar
Rasgando me o peito
Negra tristeza a iluminar
O colo rasgado desfeito
Que não mais vou poder te dar

Apaga se a luz e o teu sorriso
E as asas desfeitas são lágrimas palavras
São silenciadas mágoas
De um sentir silente impreciso
Que o choro faz voar
E e já uma estrela
Lá no alto a cintilar

Olho o céu tão distante
Que frio é o firmamento
Que gélido o universo
Que dor dilacerante
Nas asas do pensamento
No choro verso
Cintilante

Adormece o sentimento
Eternamente no meu colo aqui
A tua despedida já senti
Guardo te com lágrimas por dentro
Jamais me esquecerei de ti +++ 04/03/2014
...

musa

Sem comentários: