Cartão de Visita do Facebook

sábado, 8 de março de 2014

MULHER

MULHER

Da vida em instantes de invernia
Hoje acordei com os braços vazios
Num leito que já foi a nossa poesia
E agora é abraço de tantos frios

Do tempo o sorriso amordaçado
Um gelo cobrindo os lábios a queimar
Enregelando o corpo já cansado
A boca que tantas vezes vim beijar

Das horas perpétuas no brilho olhar
Amanhecendo carícias prisioneiras
Que das mãos parecem esvoaçar
Aves de um regaço em abraço companheiras
...

musa

Sem comentários: