Cartão de Visita do Facebook

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

CUMPLICIDADE SER

CUMPLICIDADE SER

Há sulcada cor em fina pedraria
Entalhes desgaste cumplicidade
Adornada confeitada fantasia
Rubor tingindo tonalidade
Em cores pedra luzidia
Faço-me poema
Luz serena
Doce fria

Em cumplicidade ser
Insensata claridade que emano
Ao nos teus sentidos transparecer
A luz cúmplice que declamo
Somente poesia
Ténue ilusão
A palavra que amo
Todo meu ser arrebataria
Na alma e no coração
E ilusória seria
Loucura paixão

musa

Sem comentários: