Cartão de Visita do Facebook

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Hora da Poesia - Ana Bárbara Santo António


FLORES PARA TI … a CONCEIÇÃO LIMA (A Hora da Poesia)

Trago estevas brancas florindo a água do mar
Dos sentidos pedras nuas com agrura singela
Das montanhas agreste ternura no meu olhar
Dessa infância que te conto pura doce e bela

Trago sangue terra nos sulcos gretados da mão
As sementes de flores que deixo entregues a ti
Espalhadas no vento leve em campinas de solidão
As minhas floridas memórias do tempo que já vivi

Aceita as palavras em ramo de saudosa melancolia
Os versos flores desse secreto jardim dos sentidos
Onde sempre irás colher a mais bela e simples poesia

Dos meus olhos poema saciando sede e fome candura
Dos mais recônditos e estranhos canteiros proibidos
Onde se esconde alma poeta âmago essência loucura

musa

Sem comentários: