Cartão de Visita do Facebook

domingo, 4 de agosto de 2013

À MORTE DE MINHA MÃE . R.I.P. Sra. D. Emília Magalhães

Para a Sofia
“Mãe tu nunca nos irás abandonar, hoje partiste fisicamente mas estarás connosco para todo o sempre, ate que nos voltemos a encontrar. Serás sempre o meu grande amor o amor de uma vida.
Amo te muito minha Mãe”

À MORTE DA MINHA MÃE

Hoje morreu uma mãe amiga
Uma mãe doce ternurenta
Deixou de dor esta vida
Um rio de tristeza magenta
Sob um sol ardente
As cores vestiram o negro
E negro foi o sol poente
Que a tarde escureceu
De sentido pranto
E tanto medo
Que olhar ensandeceu
Em lágrimas loucura
Fendendo coração despedaçado
Essa mãe de bondade e ternura
Abandonou o ser cansado
O dia tórrido estival
Escureceu de dor
Aumentou de amor
Intensa descomunal
De raiva ferido
Num choro prisioneiro
Profundo convulsivo
Rende-se o sentido
Ao vil cativeiro
E faz-me pensar
Ausente de minha mãe
Dou por mim a chorar
Essa dor também
musa

1 comentário:

EU disse...

Belíssima homenagem a uma "mãe" que tu sentes como tua...
Grande é a tua alma, assim como o foi a sua...