Cartão de Visita do Facebook

sexta-feira, 4 de maio de 2012

SILENTE SENTIR

... acredito nas viagens de palavras em penetrantes olhares que nos escolhem para sermos portadores de historias de paisagens do pensamento...

Vagabundas palavras da alma em dorso de sentidos a trote calcorreante da imaginação que na sua travessia rompe névoas de sensibilidade e se extasia de sentir...

Palavras vivas de um azul a palpitar em espelhos esfarrapados andarilhas pedintes onde adormeço cansaços em colo de silêncio...

No teu silenciado olhar
Sobram da alma sentidos
E nesse azul silenciar
Espelham-se perdidos
Tantos de silente sentir
Por vezes adormecidos
Num mar de alma por descobrir...

...
musa

Sem comentários: