Cartão de Visita do Facebook

terça-feira, 3 de abril de 2012

FADA DOS LIVROS

Guardadora de palavras encantadas

Num reino livro de prosa e poesia
Repousa sobre sonhos de fantasia
Palavras em páginas guardadas
Num mundo imenso de magia

Frágil ser em fadado abrigo
Acolhe no regaço de papel
Perdão confissão e castigo
Alma dos sentidos e da pele

Leitos como mortalhas ou jazigo
Aos sentidos em panteão imortal
A fada sobre a torre descomunal
Protege de intempéries e do perigo
Todos os livros de pensar intemporal
Que o tempo do tempo não deixa perdido
Em esquecimento transcendental
Instante consentido
Sentimental

Doce fada zeladora de inconfessáveis sentidos
Dos livros regaço em abraço de palavras
Limando arestas de choros vertidos
Tristes leituras prantos loucuras
Em entrelinhas de mágoas
Sobre capas duras
Iludidos
musa

Sem comentários: