Cartão de Visita do Facebook

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

VAIS VOLTAR


      Para ti...

Não sei que palavras
Partilhar por ti
Como aves soltas
Dos meus sentidos
De tudo o que senti
As tuas em mim envoltas
Da vida que me trazes
Em tesouros perdidos
Como um fundo de mar
Tudo o que em mim fazes
Risos murmúrios cantos
Choros preces prantos
E a tua voz para me acalmar
E o teu ser a me sossegar

... voltas à janela dos nossos dias
onde irás sempre te surpreender
cruzando olhar terra e mar
e as palavras húmidas e frias
do tempo que deixaste acontecer
do silêncio dos dias a repousar
entre a distância e o querer
entre nós ficar...

Sossega-me e diz-me que vai voltar
Onde todos os lugares que não conheço
todas as alegrias que mereço
nos teus lábios poder beijar
o beijo ausente que não esqueço
entre o ser e o soluçar
entre o ter e o alcançar
entre viver e o sonhar

e dizes tu que vais voltar
em dias de bruma
doce solidão
vagas de espuma
nesse mar de paixão
de ondas a balançar
salgada poesia
dócil olhar
praia sem fim
vais voltar
um dia
para mim
...
musa

Sem comentários: