Cartão de Visita do Facebook

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

TALVEZ SOMENTE


 Talvez umas palavras
Rabiscadas no papel
Por dentro umas quantas mágoas
De agre doce mel
Aliviando o sentir
Do amargo fel
Por cumprir

Talvez uns versos
E algumas lágrimas sem pedir
E algumas gotas da chuva
Talvez uns beijos dispersos
E a fantasia que me iluda
Que há outros universos
Além da última curva
Talvez um poema

Talvez a poesia
Sem o perigo do dilema
Não saber o que pensar
A realidade e a fantasia
A imaginação serena
Do que se possa alcançar
Palavras versos poema poesia
E todo o sentimento
Talvez a alegria
Unicamente
Ser somente
Pensamento
musa

Sem comentários: