Cartão de Visita do Facebook

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

LISBOA


Saudade em sete colinas
Em sete letras capitais
Lisboa dos olhos meninas
Em sete iris desiguais
Choram neles Tejo rio
Canto de tristes poetas
Saudosos ao desafio
De outras tristezas despertas
Levam nas águas doce pranto
Sete palavras secretas
De choro louco de encanto
Outras letras prediletas
Voltam ao rio a correr
Casario à beira Tejo
Fazem das colinas parecer
Essa janela de onde o vejo
Nas águas transparecer
Húmidos olhos de desejo
Tantas musas de poesia
Que da pena em leve ser
Lisboa saudade melancolia
Tenho e terei até morrer
Quando voltar a nascer um dia
musa

Sem comentários: