Cartão de Visita do Facebook

terça-feira, 11 de outubro de 2011

POEMA DEPOIS DE TE CONHECER


Anima por mim repartida
Todas as palavras que trouxeram de ti
Poema depois de te conhecer
Uma alma em mim sentida
O que por ti eu senti
De estranho prazer
Em ti consentida
Anima ser

Poema ao porto dos sentidos
Amarras de palavras laços
Sentimentos repartidos
Em beijos e abraços
Entre nós tidos
Nos espaços
Por preencher

O que fica depois de te conhecer
Feito o poema em transgressão
Seja por aventura ou por prazer
No tanto dessa mágica loucura
Feita de vontade e de paixão
Nos fios doces da enlaçadura
Que por palavras de sedução
Espalho de carinho e de ternura
Palavras de boa disposição
musa

Sem comentários: