Cartão de Visita do Facebook

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

PALETA DE PELE


Quantas vezes meu corpo meus lábios rosados
Foram paleta de cores leito do pincel
Quantos tons diluídos mesclados
Foram tintas na minha pele
Paleta de doces sentidos
De cores consentidos
Pele e boca

E como louca
Deixava-te pintar
Em ternas pinceladas
A pele e a boca
Morder beijar
Tintadas
As mãos e o olhar
Partilhávamos sentidos
Era a paleta e a tela
Entre húmidos gemidos
A nobre arte da aguarela
Pintadas fantasias
Feliz paixão
Na paleta de cores poesias
Onde ainda te guardo no coração
A mais bela tela de todos os dias
A recordar com emoção
musa

Sem comentários: