Cartão de Visita do Facebook

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

DRUIDA DO SENTIR


 Esta noite invoco ao círculo do sentir
Bardos artesãos do pensamento
Faço as árvores bramir
Agito as folhas ao vento
Visionários do equinócio temperamental
Em abraços do tempo
Druida sentimental
Que vive na clareira do despertar

“sente-me toca-me coloca-me dentro de ti e faz-me sentir toda a sabedoria acumulada desde a primeira vez”

Druidesa com olhos de mar
Feiticeira talvez
Maga da poesia
Trazendo eternizada loucura
Em chão varrido fantasia
Onde ainda procura
Pérolas de orvalho
Tombadas em orgia
Poalha de luz
Perdura
Tremulo sombreado
Pelo sentir seduz
Imaginado
Range nas folhas do carvalho
Faz-se ilusão
Sedução
Assim é esta noite silenciosa
Feita de versos e prosa
musa

Sem comentários: