Cartão de Visita do Facebook

segunda-feira, 22 de junho de 2009

MARUJO

Marinheiros da praia da vida

Onde há marés surpreendentes
Todos os dias
Viagens numa margem sentida
Maresia feita de lágrimas
De todos os adeus
Areias de finos pensamentos
Sonhos gaivotas
Céu e mar de um deus
Ondas de paixão
Vagas de sentimentos
Solidão vivida
Murmúrios de silêncios
Percorridas manhãs
Fins de tarde
Praias acontecidas no vosso olhar
E das vossas mãos
Tricô de laços
Com que vestis velas
Amuradas
Mastros
Ancoradas ousadias
Perpetuar sorrisos
Embarcados em fantasias
Marujos brancas nuvens
A ensoalheirar chão de mar
Remados momentos
E toda de uma imensidão
Construída em vós
Por tanto desse azul fundear
Com alma e coração
Sentir
Navegais brilho
Assim solto de nós
De norte a sul
Da terra ao mar
Deixais ficar de palavras
Rasgo trilho
Para eu seguir
Em doce navegar

Sem comentários: