Cartão de Visita do Facebook

sexta-feira, 26 de junho de 2009

CORPOS (COM)SENTIDOS A (A)MAR - II

suavidade que me traz vida
doce ilheu maresia
fazendo-me sentir mar
terna doce fantasia
vaza intímo secreto
qual vento disperso em ceu aberto
onde eu percorro os teus contornos devagar
dedo a dedo com a palma da mão
ainda em segredo sinto teu desejo
saborei-o a tua comoção
teu doce intenso vibrar
nos teus olhos vejo vontade
dobrando-os lentamente contra o peito
sinto-lhes a saudade
e penetro em delírio a tua noite
de qualquer jeito esporeando éguas
no teu sangue conquistado
as línguas como rosas
entrelaçadas de tréguas
teu olhar gozas inflamado
os lábios como fogueiras
a tua boca para a minha boca
em despertada paixão
e sem que tu queiras
o teu corpo a barca
a minha pele teu lago
teu olhar minha sede que te marca
em teu sorriso sedução meu desejo
tudo que trago
no grito de palavras vejo
assumidas climax de sentidos
suprema ousadia
já sem o sentimento
só queria
ser-te toda de pedidos
só queria ser-te um beijo
e sermos dois
sermos loucos de vontade
para depois
perdidos no tempo
já sem idade
lembrar momento
intensidade

Sem comentários: