Cartão de Visita do Facebook

sábado, 9 de maio de 2009

AMANTE LOUCURA

na tua sala escuridão
nossas mãos silhuetas
entrelaçam-se mão na mão
como duas borboletas
queimam as asas de amor
na pele suada insatisfeita
despem o olhar sedutor
sobre a cama já desfeita
e o teu corpo sobre o meu
dois seres de qualquer jeito
cada um querendo o céu
e elas sobre o meu peito
aberta a porta do segredo
já sem pudor para amar
entregas todo o teu medo
nesse tão louco vibrar
deitados em linho leito
como dois seres iguais
sem virtude sem defeito
amamos como nunca
jamais

Sem comentários: