Cartão de Visita do Facebook

domingo, 1 de março de 2009

ROSAS...obrigada Katia Guerreiro pelo "fado" à Brunoy

Eu quero amar

Amar as rosas

Ter-me de cheiros

Cores e prosas

Amar de rosas no meu peito

Ter as rosas na minha mão

Amar de qualquer jeito

No coração

De qualquer cor

Eu quero amar

Eu quero amor

Ai se tu soubesses do meu jardim

Constância de luxúria toda florida

Ter-te todo de rosas dentro de mim

Em flor amar de pranto assim sentida

Eu quero ser roseiral no teu olhar

Das rosas a mais branca a mais bela

Como pétalas de espuma bravio mar

Pintado de cores húmida aquarela

Das rosas me tenho perfume encanto

Campo de flores em meu peito sem espinhos

No olhar saudade triste sentido pranto

Bordado de cores sendas veredas caminhos

Oh... rosas floridas do roseiral

Deixai em meus olhos sonhos e vida

Aqui de rosas chão de Portugal

Sou terra choro olhar de partida

Dai-me as rosas folhas verdes esperança

Num canteiro florescer triste dor

É do cheiro delas que eu tenho mais lembrança

No meu peito aberto cresce rosa linda flor

Sem comentários: