Cartão de Visita do Facebook

domingo, 12 de outubro de 2008

Lumiar

Ali na praia.... / lumiar pela madrugada finda... / descobri uma aurora prateada a brilhar sobre as águas... / que te deixo aqui... / o nascer do dia amanheceu ainda... / já sem mágoas... / húmido e quente cheirando a mar... / e a demora... / como na hora de um parto fumegante... / sentia-se o cheiro a vida palpitante... / que acaba de ser parida... / começar... / a noite já sem vida passou de um azul cobalto... / para uma paleta de matizes... / entre azuis e cinzentos ainda orvalhados... / e serenamente surgiu o dia no horizonte alto... / criando suas raizes... / seus raios de luz espalhados... / pela imensidão... / sentida lumiar ilusão... / embalada pela brisa de ventos do mar junto à areia... / cheirava a sal e a silêncio disperso... / e eu que tanto queria ser uma sereia... / e ficar por ali sobre pedras molhadas... / que contam de tantos anos que tem a vida... / acabei caminhando rumo a casa... / as mãos do corpo abandonadas... / do meu pensamento perdida... / o coração em brasa... / pensando em arcanos que guiam de paixão... / meus passos e sentimentos... / e em tudo o que te diria em verso... / dando conta destes movimentos... / de vida... / num reflexo... / de solidão... / sentida

Sem comentários: