Cartão de Visita do Facebook

terça-feira, 29 de julho de 2008

D. Chamôa

Nasci, aparada pelas mãos da minha bisavó, no dia de Santa Bárbara, no dia 4 de Dezembro, há mais de quarenta décadas, numa noite tenebrosa de um inverno transmontano, no aconchego de uma casinha amarela voltada para o monte de S. Brás, em terras doadas por D. Chamôa Rodrigues ou D. Flamulaem ou Flâmula, no ano de 960, à sua tia a condessa Mumadona Dias, fundadora do Mosteiro e agora castelo de Guimarães, para salvação da sua alma, falecendo solteira e sem filhos, tendo deixado tudo o que possuía a obras de beneficiência, as suas terras recebidas por herança dos seus pais, os Condes Rodrigo e Leodegúndia, irmão e cunhada do Rei Ramiro II, de Leão, e cunhado e irmã de Mumadona Dias. Na verdade descendo de uma fundadora do reino, em génio e alma...

Sem comentários: